Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

Eu quero acreditar... ou não.

Thiago Olival
05/07/2020 18h55

 

Falamos no artigo anterior sobre o seriado Cursed Filmes...

E que tal falar um pouco sobre a psicologia por trás dos filmes?

Bem... já existe uma quantidade considerável de informações sobre por que as pessoas acreditam em coisas estranhas e fazem associações ilusórias entre fatos que não estão relacionados.

1 – Sua personalidade e suas escolhas:

As teorias de personalidade são inúmeras. Uma delas é a chamada Teoria dos 5 Grandes Fatores (BIG FIVE). Nesta teoria, as pessoas possuem 5 grandes traços que compõe sua personalidade e predizem muitos dos gostos, religiosidade, interesses e muitas outras coisas. Não se rotule... você possui algum grau de todos eles.

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2


A abertura a experiência (Openness) apresenta o quanto o indivíduo esta aberto a novas experiências, curiosidade e experimentações. Graus mais elevados estão presentes que gostam sempre de novidades e são inovadores enquanto em níveis mais baixos, temos indivíduos que preferem geralmente as experiências que já possuem a tradição.

A conscienciosidade (Conscientiosness) apresenta o quanto o indivíduo gosta da ordem, da rotina, tem comprometimento com o trabalho, com os planos, o quanto é metódico e está associado também a ser minuncioso e detalhista. Niveis mais baixos mostram indivíduos que pouco se interessam pela ordem das coisas, pelos detalhes e são pouco confiáves, enquanto níveis mais altos estão associados ao comprometimento, alta organização e ordem.

A extroversão (Extraversion) está associada sociabilidade do indivíduo, suas habilidades de ser comunicativo, divertido e ativo. Em níveis mais baixos, temos indivíduos mais reservados, pouco comunicativos e introvertidos e em níveis mais altos temos indivíduos mais comunicativos, assertividade e interesse por ser ativo.

A agradabilidade (Agreeableness) mostra o quão empático, frio ou gentil o indivíduo tende a ser. Em níveis mais baixos, o indivíduo tende a ser mais frio, hostil e desconfiado e em níveis mais altos os indivíduos tendem a ser mais compassíveis, gentis e empáticos.

O neuroticismo (Neuroticism) mede o quão nervoso, calmo e temperamental o indivíduo tende a ser. Em níveis mais baixos, o indivíduo possui maior controle emocional e maior calma e em níveis mais altos está associada ao nervosismo pouca temperança. 

2 – Sua razão ou intuição quando você julga ou decide:

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

 

Bem... todos humanos são racionais... mas nem tanto. O que aprendemos na escola que o “ser humano é um animal racional" parece não estar de todo certo. 

Existe uma teoria que propõe que nosso processo de decisão, julgamento e entendimento da realidade tem como premissa duas formas:

Uma forma rápida (intuição), onde o indivíduo ao receber uma informação, faz um processamento rápido e atribui uma solução baseada em uma experiência anterior, uma crença ou uma aproximação ao que talvez represente o fato de maneira mais próxima,a alguma lacuna da realidade.

- Veja... aquele arbusto está se mexendo – Com certeza é um leão!!!

Uma forma devagar (racionalização), onde o indivíduo ao receber uma informação faz um processamento mais devagar, ponderada e considerando múltiplas variáveis para a intepretação da realidade.

- Veja... aquele arbusto está se mexendo – está ventando, aqui não existem animais selvagens e pela época do ano, onde as folhas começam a cair, é muito provável que seja só o vento.


3 - Nossas crenças, experiências e aquele monte de caixinhas dentro da caixola.

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

Bom... acreditamos em cada coisa, não é mesmo? 

E as vezes acreditamos em coisas beeem contraditórias ao mesmo tempo. 

Muitas são as razões para isso...  Embora muito do que acreditamos tem relação com nossa personalidade e com o modo como pensamos, constantemente buscamos de maneira seletiva alinhar as informações que recebemos da realidade com aquilo que faz sentido com nossas crenças, nossas experiências passadas e obviamente, a opinião dos outros. Então, de acordo com as coisas que você acredita ou busca, certas informações podem:

- Ser ponderadas (olhar múltiplas facetas do que “parece ser” com o que “possivelmente pode ser” ou “provavelmente não pode ser”) para uma melhor interpretação da realidade;

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

ou

- Ter apenas algumas partes selecionadas para fazer sentido ao que acreditamos ou ser associada a outras informações incompletas para justificar a crença;

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2


Complexo?

Sim... e não... 

Então, uma mesma informação pode conter múltiplas interpretações.

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

Mas o como isso se relaciona com as polêmicas?

mas algumas costumam ser mais utilizadas, uBem.... Em muitos casos, um simples acontecimento aleatório pode ser associado ao nosso sistema de crenças e justificado por ele.

Em países de maioria religiosa, a blasfêmia, descrença ou divergência religiosa é punida com um castigo divino, então, muitas das situações que ocorreram as fatalidades foram associadas ao sobrenatural, como se um deus ( no caso o deus cristão) tivesse agido para punir os infiéis.  As pessoas adoecem e descobrem doenças de maneira repentina, crimes ocorrem e fatalidades também, o que não significa que somente por que realizaram um trabalho artístico que confronta a religiosidade tradicional da maioria das pessoas, estas possam ser punidas (desde que não seja ilegal).

Então, se associamos de maneira automática certa ação com uma reação, por conta de nossa bagagem (e uma certa tendência a fazer isso, para poupar energia e evitar a fadiga), nossa personalidade e mais alguns fatores, podemos acreditar que só por que alguém é diferente, merece ser hostilizado (o preconceito mora aqui...). 

Poupar energia? Sim... A tendência é que a vida busque a melhor forma para sobreviver, então pensar de maneira automática (sem ponderar sobre todos os aspectos) é mais “barato” e muitas vezes dá certo... mas nem sempre. O problema é quando nos acostumamos a pensar somente de maneira simples e automática... 

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

Então, alguns destes filmes tiveram um grande boicote por parte das religiões e tiveram associações indevidas, que foram “corroboradas” pelo contexto que estavam inseridos.

Mas a polêmica só ocorre com este tipo de filme? Obviamente que não... mas a associação entre filmes de terror e ficção acaba sendo mais forte, obviamente pelos temas tratados, mas temos aos montes casos de atores de filmes de comédia que morreram ou foram envolvidos em escândalos sexuais.

Bruce Lee morreu por um mal súbito e, embora constantemente associem a morte de seu filho com sua morte, o que de fato pode ter matado Brando Lee foi a negligência na produção do filme, assim como ocorreu em Twilight Zone.

Michale Schermer tem um livro muito interessante sobre as motivações que fazem com que as pessoas acreditem em teorias da conspiração e coisas absurdas, como a terra plana, astrologia, o negacionismo das vacinas ou do holocausto, até coisas ainda piores...

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2


Talvez uma das reflexões do autor seja que um dos maiores problemas seja “não o que as pessoas pensam, mas sim COMO pensam sobre isso”, em relação certas crenças que não são colocadas a prova, se de fato fazem sentido.

Mas já que o assunto se estendeu, queremos aproveitar para fazer um “book sommelier”, de um livro que pode ajudar as pessoas a olhar o mundo de formas diferentes.

Trata-se do livro RÁPIDO E DEVAGAR , escrito por Daniel Kahneman.

Movie Sommelier - Cursed Films - Um documentário mais do que intrigante sobre filmes e psicologia - Parte 2

O livro apresentar bastante coisa sobre como funciona nosso raciocínio e as nossas simplificações da interpretação da realidade, que muitas vezes nos auxiliam, mas também podem causar sérios problemas pois existem associações que são erradas (e muitas vezes cheias de preconceito). Também propõe uma reflexão sobre os benefícios de ter um raciocínio analítico treinado, sem que talvez necessitemos de tanto esforço.


Gostou?

Este livro pode ser seu!

Sortearemos um exemplar aqui no Sharkiando.  Basta participar de nosso sorteio que mandaremos pra você.

Em breve teremos mais inforações sobre o sorteio, fique ligado.