3DSMobilePCPS3PS4VitaWii UXbox 360Xbox OneNINTENDOXBOXBATTLEFIELDWIIUMARIOPRIMEIRA PESSOAYOUTUBESMASH BROSTORNEIOFLIPERAMAHISTóRIASPUCONONLINEMIIPOP CULTUREMATTELHOT WHEELSCHILEKING OF FIGHTER 97PC GAMER

Análise

Analise | The Crew 2

Corridas insanas, saltos arrasadores e muita velocidade no chão, na água e no ar...isso é The Crew 2.



Rad Rodgers - A nostalgia dos anos 90 e garantida nesse game

Ação, aventura, e muita estrategia fazem desse um game que vale muito a pena.

Evandro Mendes
03/03/2018 22h00

Após adormecer no fim de uma noitada de jogo, Rad acorda para ver que seu velho e poeirento console ligou sozinho. De repente, um vórtice emerge e ele é sugado pela TV, onde se vê como a estrela do seu próprio jogo de aventura. O jogo traz de volta os jogos de plataforma da década de 1990, inspirando-se em clássicos como Commander Keen, Conker, Ruff'n'Tumble e Jazz Jackrabbit.

O jogo remete-nos a nostalgia dos jogos dos anos 90 com muita aventura que cumpre a promessa de um game inspirado em jogos de SNES, mas com a qualidade gráfica dos jogos atuais não deixando a desejar em nenhum momento, tanto em gráfico quanto em jogabilidade.

Jogabilidade

O game conta com ótima movimentação do personagem respondendo perfeitamente a todos os comandos. Pode ser jogado tanto com teclado e mouse, quanto com joystick sem perder a qualidade de movimentação.

Proposta

A mecânica de jogo e a evolução da dificuldade do mesmo agradam muito. Em cada fase o game se torna mais difícil, fazendo com que a conquista dos objetivos mais e mais tensas. Apesar de, a primeira vista, sua aparência levar a acreditar ser um jogo infantil e fácil, se enganam quem o vê dessa forma. Não é atoa que o mesmo possui três níveis de dificuldade (fácil, normal, difícil) a também, a opção de escolher uma moderação de violência onde o jogo fornece a opção de escolha de um modo infantil e adulto.

Som e Música

Andrew Hulshult foi o responsável pela criação dos sons e música do game que utilizada impecavelmente. De sonorização inspirada nos anos 90, muitas vezes utilizando sintetizadores. O diálogo entre os personagens também não foge da temática e sem destaque entre o som ambiente do game.

Prós

- Preço de lançamento compensa pela qualidade oferecida;

- Divertido e dinâmico. Não é um jogo que jogamos uma única vez.

Contra

- Apesar de ter tanto a oferecer, o jogo não traz nada realmente novo para o mundo dos games;

- Não possui uma história interessante que valorize os objetivos do jogo.

Veredito

Rad Rodgers cumpre realmente o prometido quando a proposta foi trazida a público. Não traz muita inovação em história ou entre outros jogos do estilo, mas isso não faz com que o mesmo seja apenas mais um jogo lançado se destacando pela beleza gráfica e pela dinâmica do jogo. Rad Rodgers realmente garante a diversão e a nostalgia de um jogo que promete ter vindo para fazer sua própria história no mercado de jogos.

Análise feita no Windows PC. Jogo enviado pela produtora Thornordic.

Você também encontra disponível para Playstation 4 e X-Box One.

Confira abaixo, um pouco do Gameplay.

AvaliaçãoNota
Jogabilidade 8
Visual 9
Áudio 8

NOTA FINAL

8.33

Veja também

Analise | The Crew 2

Corridas insanas, saltos arrasadores e muita velocidade no chão, na água e no ar...isso é The Crew 2.

Tomb Towers

Tomb Towers... presente... no passado... no futuro... esqueci...

Parceiros

Monster Hunter World BrasilArena GamerFacebookYouTube