Análise



Análise Super Smash Bros Ultimate

Dando significado ao Ultimate

Eduardo Andrade
20/12/2018 11h00

Smash Bros começou como algo inocente no Nintendo 64, era para ser um Crossover de luta com os personagens da Nintendo, porém lá atrás eu já levava Smash mais a sério do que deveria e aquele jogo de luta virou uma competição entre amigos. Jogávamos Mario Kart, Tennis e Party, mas era no Smash que resolvíamos tudo. 

Todos os jogos seguintes passei a acompanhar de perto as notícias até o lançamento. Lembro das horas investida no site do Smash Bros Melee e o hype que fiquei quando anunciaram o Subspace Emissary no Brawl. Já a versão de Wii U e o 3DS fiquei desapontado devido a remoção de um bom modo aventura. 

Ultimate parece que veio para resolver tudo o que eu queria. Muitos personagens e um modo aventura para lavar a alma. 

Gameplay


Smash Bros é um jogo de luta com um modo bem particular. A câmera do jogo é de lado e os personagens não tem uma barra de vida propriamente dito. No lugar, temos uma porcentagem que aumenta conforme apanhamos, além de, também aumentar suas chances de sair da tela, e assim fazemos pontos no jogo, mandando os oponentes para fora da tela. Na maioria das vezes é jogado com vidas e o último a ficar na tela vence. 

Digo o último porque esse Smash pode ser jogado com até oito pessoas, claro que, tem outros modo de jogar, com uma espécie de barra de vida onde o personagem inicia com uma porcentagem e quando ela chega ao zero, morre. 

Para a batalha temos poucos botões e muitos movimentos. Temos: um botão de pulo, especial, ataque, defesa e um para agarrar o oponente. 

Vale lembrar que, esses movimentos variam dependendo do movimento feito com o analógico. O especial do Mario, por exemplo, é uma bola de fogo. Entretanto, ao segurar o analógico para frente e apertar o especial ele tira uma capa que pode refletir projéteis e virar o oponente.

Esse mesmo movimento altera a maneira que você ataca. E o agarrar permite escolher para qual lado você lançar o oponente. 

Além disso, as fases do jogo são bem diferentes uma das outras. Cada fase é baseado em um jogo e haja fase, viu!

Cada uma delas possuem as suas peculiaridades e perigos. Por exemplo, a F Zero estamos batalhando em cima de carros que estão correndo e ao cair na pista pode ser fatal devido a velocidade. 

Smash Bros também conta com itens para usar durante a batalha. Cascos de tarturaga, casca de banana, armas e espadas estão no meio desses itens. No entanto, os mais usados são os Assists Tophys, que consiste em chamar um personagem para te ajudar durante a batalha, e o Ultimate tem muitos personagens diferentes como Tophys. Também temos as Pokeball e Masterball que podem trazer Pokémons a batalha. 


Por último, temos a Smash Ball uma espécie de especial que o personagem solta quando consegue usar o item, digo consegue, pois ele fica flutuando na tela.

Já é difícil de pegar e pode ser que, assim que consiga alguém te mate. Nesse novo smash também temos uma barra de especial que enche na medida que jogamos e quando cheia permite soltar um especial. 

Modos de Jogo

Ultimate vem recheado de conteúdo, que pode te manter jogando por um bom tempo. 

Smash 

O bom é velho versus, serve para jogar localmente com amigos ou treinar contra o CPU. Temos alguns modos diferentes de jogo e até mesmo a possibilidade de criar torneios. Algo bom para aquelas festas com amigos. 

Spirits


Spirits é o modo aventura do Smash Bros Ultimate, também conhecido como World of Light. Um vilão chamado Galeem transformou todos os lutadores em troféu e está usando a essência deles para criar clones malvados. Como os clones são basicamente estátuas Galeem que usa espíritos aprisionados para controlar essas marionetes. 

O objetivo é salvar todos os personagens e espíritos. A cada personagem libertado é possível usar ele no modo aventura. O mesmo ocorre com os espíritos, mas esses contam mais como ajudantes. Os espíritos primários têm um atributo que pode ser: poder, velocidade e defesa que funciona no estilo pedra, papel e tesoura. Um é forte contra o outro.

Cada espírito primário tem seu nível que pode chegar até 99, isso aumenta a força do espírito e alguns podem evoluir e ficar mais forte ainda. Os espíritos secundários fornece vantagem durante a batalha, como começar já com um certo item ou até mesmo, deixar seus ataques mais forte. 

O mapa do jogo pode ser explorado livremente, mas vai ficando vazio a medida que avançamos.

Classic

O modo clássico (arcade) de Smash está presente, e dessa vez reformulado e viciante. Cada personagem tem um desafio diferente baseado na sua história. 


Spoiler

Um exemplo é o Pokémon Trainer que tem que enfrentar uma série de Pokémons. O penúltimo desafio é enfrentar outro Pokémon Trainer e por fim, batalhar com o Mewtwo. Isso é exatamente como alguns jogos de Pokémon funciona. 

Sem contar o Yoshi que enfrenta um Rathalos ou o Richter que enfrenta o Dracula. 

O Classic mode foi o que eu mais gostei e o que ainda me prende.

Online 

A grande e única decepção com Smash Bros Ultimate, era que ao ser lançado o modo online estava injogável.

É possível criar algumas regras para jogar online, eu por exemplo, escolhi jogar com três vidas, sem itens, as fases são todas final destination (reta e sem nenhum obstáculo). Porém essas regras nunca funcionavam, sempre caia em uma partida com quatro jogadores, fases absurdas e cheias de itens. Tudo isso com aquele Lag que trava o jogo. 

Depois de insistir em cinco partidas, desisti do online.

Recentemente tivemos um update no jogo, o que fez melhorar. As regras já estão sendo aplicadas e as partidas com menos Lag. 

Áudio e Visual

Super Smash Bros Ultimate está incrível visualmente, tanto no modo portátil quanto na TV. Todas as fases estão deslumbrantes e os personagens muito bem feitos.

A trilha sonora está impecável, tão bem feita que tem um modo só para ouvir as músicas do jogo e inclusive deixar tocando em background. 


Vilão 

Mas nem tudo é maravilha em Smash Bros Ultimate e o jogo tem seu vilão e um dos grandes. 

Infelizmente Ultimate conta com um Input Lag que acaba atrapalhando um pouco a experiência. O maior de todos os jogos até agora, claro que você pode acostumar com o tempo e aprender a jogar assim, mas o menor Lag online somado com esse input lag pode arrasar com qualquer jogatina. 

Veredito

Apesar de todo meu amor pelo Smash Bros do 64, o novo é a versão perfeita para diversão. Você pode se decepcionar um pouco com jogabilidade, mas com o tempo ela melhora e eu acredito que a Nintendo está trabalhando em algo para arrumar esse problema. 


Super Smash Bros Ultimate é diversão para os Noobs e Pros e sozinho ou em grupo. 

Prós

  • Modo aventura;
  • Classic mode diferente para cada um;
  • Quantidade de personagens e fases. 

Contras 

  • Online ainda não funciona como deveria;
  • Visual de alguns personagens;
  • Input Lag terrível. 

Agradecemos a Nintendo pelo envio de jogo para análise.

O Super Smash Bros Ultimate está disponível na loja Nintendo e em formato de cartão em algumas lojas físicas. 

AvaliaçãoNota
História 10
Jogabilidade 9
Visual 10
Áudio 10
Replay 10

NOTA FINAL

9.80

Veja também