Análise



Análise | Paper Mario: Origami King

Será que a Nintendo consegue dobrar os fãs nessa?

Eduardo Andrade
05/08/2020 17h54

Paper Mario começou bem, um sucessor do grande Mario RPG, contudo ao longo da série ele foi perdendo os elementos característicos de RPG e se tornando um jogo de aventura.

Será que a nova entrada da série consegue recuperar os fãs?

 

História

Os irmãos foram convidados para uma festa no reino dos cogumelos e logo na entrada se separam. Ao avançar no castelo encontramos a Peach um pouco diferente, agora ela é um Origami. Essa nova Peach captura o Mario e dentro da prisão ele conhece uma nova amiga que o ajuda a escapar da prisão.

Olivia mostra para nosso herói alguns poderes para escapar da prisão junto com Bowser que também estava preso.

Na fuga conhecemos o vilão Olly que conta o seu plano maléfico de se tornar o rei supremo do Reino do Cogumelo, transformar todos em origamis e roubar o castelo da Peach. Agora cabe a nosso herói resgatar todo o reino e o castelo.


Gameplay

Infelizmente a Nintendo errou de novo no gameplay de Paper Mario. O jogo deixou todo o elemento de RPG de lado e se tornou um grande Puzzle. Você passa por diversos deles fora de batalha e quando entra em combate é na verdade um Puzzle disfarçado de batalha.

Durante o combate nosso personagem fica cercado por Origamis e precisa achar um jeito de alinhar todos eles para movimentar o chão, com o objetivo de aumentar o ataque e finalizar a batalha.

Ao fim de cada batalha (esquece o XP), você ganha apenas algumas moedas de acordo com seu desempenho. Essas moedas, por sua vez, podem ser usadas na batalha ou comprar itens. Todo o jogo não passa de um grande Puzzle.

As batalhas com o Boss são as melhores, normalmente é um Puzzle mais complicadas, difíceis e muito divertidas.


Áudio e Visual

A trilha sono do jogo é que se pode esperar de um jogo do Mario. Em pouco tempo você está cantarolando as músicas.

O visual é impecável, a Nintendo teve o cuidado com todo o cenário, e as áreas do jogo são bem construídas, sem contar que tem uma grande interatividade.

Em geral o áudio e o visual do jogo estão incríveis.

Veredito

Paper Mario: Origami King não é o melhor jogo da série. Tem sua parte divertida. Ele traz um humor incrível e consegue prender o jogador na vontade de conhecer a próxima área.

É um jogo que vale a pena, mas não é um dos melhores para o Switch. Os fãs da série podem gostar e voltar a esse reino, embora acredito que irão enjoar rápido do combate.

 

Prós

  • Humor;
  • História.

Contras

  • Batalhas;
  • Puzzles repetitivos;
  • Sem recompensa de batalha.

Agradecems a Nintendo pelo envio do jogo para essa análise. O jogo está disponível na Loja da Nintendo.

AvaliaçãoNota
História 8
Gameplay 7
Áudio 9
Gráficos 9
Replay 7

NOTA FINAL

8.00

Veja também