Análise



Análise Horizon Chase Turbo

Como é bom estar de volta

Eduardo Andrade
20/12/2018 17h00

Se tem um tipo de jogo que não me agrada são os jogos de esportes/corrida. Sou daquele que não sabe jogar nem Mario Kart. Embora, nem sempre foi assim.

Os jogos antigos de corrida como Enduro, Top Gear, Out Run e Rock N Roll Racing fizeram minha cabeça por muito tempo, posso dizer que até me diverti muito com esses jogos. 

E olhar para o Horizon Chase dá pra saber que é um daqueles!


Gameplay

Sabe aquela jogabilidade clássica, acelera e desvia?

Então, ela está de volta! É impossível jogar Horizon Chase e não fazer um paralelo com Top Gear. Ele tem a mesma vibe, você tem a visão de trás do seu carro e com mais 19 carros na pista é fácil voltar no tempo. Super simples, você tem o botão para acelerar, um para frear e claro, o nitro. 

Realmente não tem muito o que falar da jogabilidade, ela é simples e excelente. Eu jamais me imaginei me divertindo tanto com um jogo de corrida novamente. 


Modos de Jogo

O modo principal Volta ao Mundo consiste em viajar para diferentes partes do mundo e correr em pistas locais. Cada lugar tem sua pista e suas peculiaridades como clima e alguns pontos locais. Cada país que passamos podemos abrir melhorias para os carros como: controle, velocidade e até mesmo, melhoria para o Nitro. 

O jogo é recheado de carros diferentes, para abrir os novos carros você tem que coletar pontos, que podem ser adquiridos pegando algumas moedas que estão em cada pista e também a sua posição final gera pontos.

Temos o Deus supremos das corridas, o carro da firma. Um uno com escada. 


As versões de Nintendo Switch e Xbox ganharão um novo modo de jogo.

O Playground é uma competição rotativa que traz cinco novas corridas a cada temporada. São pistas que ficarão no ar por tempo limitado, e teremos algo de especial para o jogo: corridas contra o tempo sem oponentes, mudanças no clima e hora do dia nas pistas tradicionais, corridas espelhadas, nitros infinitos, restrições de garagem, etc.

Espere ver chuva no deserto, vulcões entrando em erupção no Brasil, e novas regras! Nunca se sabe o que a próxima temporada pode trazer.


As corridas possuem níveis de dificuldade diferentes, de 1 a 5, tem coisa para todo tipo de jogador de Horizon Chase. Cada corrida apresenta dois modelos de desafios. Vencer os oponentes do computador já é um desafio por si só, mas você sempre pode levar as coisas para o próximo nível e tentar competir com os fantasmas do placar online. Cada corrida tem seu próprio placar, Global e de Amigos, que ficam online apenas ao longo da temporada.

No modo Playground, cada temporada traz novas surpresas e um novo espaço para competir.

Áudio e Visual


Horizon Chase está muito bonito, cada país tem suas características e cada carro se destaca. Na pista eles são diferentes e isso ajuda bastante na hora de marcar um oponente. O que mais me chamou atenção é que quando você joga conectado na Internet o carro fantasma dos seus amigos aparecem no seu jogo. 

As novas versões do jogo vem com carros exclusivos, no Nintendo Switch alguns carros tem as cores dos Joy Cons. 

A trilha sonora é boa, acho que saudade do Top Gear não me deixou curtir mais a trilha. Posso confessar que, cheguei a colocar a trilha do Top Gear pra tocar enquanto jogava Horizon Chase e não estou orgulhoso disso. 

Veredito

Repito. 

Não me imaginei me divertindo tanto com um jogo de corrida, Horizon Chase caiu na minha graça e a opção de jogar com a tela dividida deixou ainda mais interessante. 

É um ótimo jogo para o Switch, combinou perfeitamente com o modo portátil e eu estou correndo para abrir todos os carros(sou meio ruim). 

Prós 

  • Jogabilidade Nostálgica;
  • Visual Incrível;
  • Uno com Escada. 

Contras

  • Esperava mais da trilha;
  • Podia ter online. 

Agradecemos a produtora Aquiris pelo envio do jogo para o Nintendo Switch. 

Vale lembrar que, jogo também está disponível para o PS4, Steam e acaba de chegar ao Xbox One. 

AvaliaçãoNota
Jogabilidade 10
Visual 10
Áudio 10
Replay 10

NOTA FINAL

10.00

Veja também