Análise



Análise: Elden: Path of the Forgotten

Game Indie!!!

Fernando Dasg
10/07/2020 10h00

Hoje trago a análise do game independente de ação e aventura 2D isométrico, meio souls-like, Elden: Path of the Forgotten para PC, o game foi desenvolvido pela empresa Onerat Pty Ltd e distribuído pela Another Indie, e apresenta um universo escuro de horror cósmico medieval, com uma narrativa desenvolvida, por meio de recursos não tradicionais. 

 

Gameplay

Como ressaltei, Elden: Path of the Forgotten é um game independente de ação e aventura 2D isométrico, seu protagonista cresce e amadurece ao longo das fases, e seu principal objetivo, é a busca por suas origens “mais especificamente sua mãe”, que desapareceu misteriosamente, em uma terra destruída, cheia de magias brutais, e combate.




Elden: Path of the Forgotten não possui diálogo em seu gameplay, e tudo se revela, conforme avançamos na história, através da observação do entorno, e das imagens espalhadas pelo mundo “deduzimos” o que está acontecendo.

Uma nota interessante é que o game foi desenvolvido por uma única pessoa, o talentoso australiano Dylan Walker, e sua produção levou, por volta de 4 anos. 

Seu gameplay é tradicional e suave, e sua compatibilidade total com controle facilita bastante e apresenta alguns momentos nostálgico, com boas respostas dos controles. As referências do game são bem claras, The Legend of Zelda, Hyper Light Drifter, Another World e Superbrothers: Sword and Sorcery "Principalmente pelo seu estilo gráfico", seus combates são influenciados pelo gênero souls-like, o posicionamento, ritmo dos ataques e a escolha da arma certa, são essenciais para a vitória, o game convida a explorar, e observar, devemos prestar muita atenção a cada detalhe para entender o mundo do Elden.




O game possui muitas regiões desafiadoras para serem exploradas, preparem-se para inimigos e chefes horripilantes e persistentes, além de armas, magias, e itens poderosos.



 

Gráficos e Sons

Elden: Path of the Forgotten tem gráficos 2d bem estruturados, os personagens, os cenários, os pequenos detalhes dos itens, são todos magníficos, a parte sonora é bem trabalhada e é um dos destaques do game, cada pequeno som audível, faz muita diferença em nossa jornada, para desfrutarmos desta maravilha necessitamos de:

- SO: Windows 7;

- Processador: i5-3320M;

- Placa de vídeo: Intel(R) HD Graphics 4000;

- Armazenamento: 300 MB de espaço disponível;

 

Veredito

Elden: Path of the Forgotten é um bom game, com uma história aberta ao entendimento de cada player, o game foi lançado para Nintendo Switch e PC, e em breve será lançado para Playstation 4 e XBOX One. 

Nossa versão foi gentilmente cedida, obrigado a todos os envolvidos, essa análise foi efetuada na versão para PC.

 

Prós:

- Gameplay;

- Gráficos;

- Sons.

 

Contras:

- Indisponível em Português (Brasil).

AvaliaçãoNota
História 8
Gameplay 10
Áudio 10
Gráficos 10
Replay 8

NOTA FINAL

9.20

Veja também