3DSMobilePCPS3PS4VitaWii UXbox 360Xbox OneNINTENDOXBOXBATTLEFIELDMARIOWIIUPRIMEIRA PESSOASMASH BROSYOUTUBEFLIPERAMATORNEIOONLINEHISTóRIASPUCONMIIPOP CULTUREMATTELHOT WHEELSCHILEKING OF FIGHTER 97PC GAMER

Análise



Análise Diablo 3 Eternal Collection

O grind supremo chega ao Nintendo Switch

Eduardo Andrade
06/11/2018 13h18

Tenho um amor especial por Diablo que começou desde o lançamento do PlayStation 1.

Naquela época o memory card era escasso e precisava de um inteiro para salvar Diablo, enquanto que, para salvar o personagem só gastava um slot. Terminar o jogo levou alguns bons meses.

E o amor continuou pelo Diablo 2 e 3 quando saiu para PS4. Agora chegou a hora de testar o Diablo 3 para a versão Nintendo Switch e levar a jogatina para onde eu for. 


História 

Uma estrela cadente traz um alvoroço para o mundo, junto com a estrela temos os mortos voltando e um ar assustador está solto sobre o mundo. Nosso personagem principal parte em uma jornada para descobrir o que seja esse acontecimento. Durante a jornada conhecemos Lea que precisa de ajuda para resgatar seu tio Deckard Cain, um estudioso que já previa os acontecimentos e sabe exatamente onde encontrar a estrela caída. 

Ao encontrar a estrela descobrimos que, na verdade é um homem sem memória, sua única lembrança é de uma mensagem importante e que sua espada foi destruída em pedaços. Ao juntar os pedaços da espada o estranho recupera sua memória. Ele na verdade é Tyrael o arcanjo da justiça, que resolveu deixar de ser um arcanjo e se tornar um mortal para avisar a terra dos planos de acabar com a humanidade dos dois Lordes Demônio: Belial e Azmodan.

Gameplay

Diablo é um RPG de ação isométrico, onde você vê o seu personagem por cima, o que facilita muito no tipo de exploração que o jogo propõe. 

Nele podemos criar um personagem baseado nas classes e a versão do Nintendo Switch vem com todas as expansões lançada até hoje. Vamos conhecer quais são as classes:

  • Barbarian;
  • Crusader;
  • Demon Hunter;
  • Monk;
  • Necromancer;
  • Witch Doctor;
  • Wizard.


Depois de escolher a classe e o gênero do personagem, estamos prontos para as aventuras. 

O jogo conta com o modo campanha onde passamos por cinco atos, após terminar esse modo o jogo está só começando. 

Temos também o modo aventura com diversas novas missões e ótimas recompensas. Nesse modo temos as fendas, onde para concluir os objetivos os mapas são explorados e possui as melhores chances de itens. Após concluir uma Fenda você ganhará uma chave de Fenda Maior, que é um tipo mais difícil com melhores itens e a recompensa de uma Gema lendária, ela sobe de nível fazendo mais fendas, ou seja, Loot Grind infinito e ainda tem mais...

Uma das últimas experiências desenvolvidas para o jogo foi o herói da temporada. Personagem criado a partir do zero, sendo permitido avançar com ele por qualquer modo de jogo. No final da temporada ganhamos itens de acordo com o progresso, o personagem criado deixa de ser herói de temporada e os itens são transferidos e podem ser usados por todos os demais. 

Diablo 3 Eternal Collection é a edição definitiva e chega ao Nintendo Switch com todo conteúdo lançado até agora e mais algumas novidades. 

Novidades

A Nintendo sempre fez consoles para o multiplayer local e o Switch é a encarnação disso, você pode levar o multiplayer a qualquer lugar. Pensando nisso, o Diablo vem com o co-op local.

Os Amiibos estão presentes no jogo, testei os que invocam inimigos raros ou lendários, todos com ótimos Loot. O jogo também conta com itens exclusivos da série Zelda sendo possível usar o transmog, fazer a armadura do Ganondorf, andar com pet (uma galinha, na verdade) e usar o retrato da triforce, todos belas adições ao jogo. 

Áudio e Visual 


Apesar de ser um jogo de 2012, Diablo 3 envelheceu muito bem. A versão para o Nintendo Switch é a prova disso. O jogo roda muito bem no modo portátil e as legendas ficaram bem posicionadas e apesar do tamanho da tela, não atrapalha nada na leitura. Vale lembrar que, ele está totalmente em português. 

Já na dock temos uma melhoria gráfica impressionante. Não gosto muito de jogar o Switch na Dock, porém, acabei jogando mais tempo na TV. 

A trilha sonora está impecável e a versão do Nintendo Switch, assim como as demais, tem a dublagem em português, que está excelente por sinal. 

Veredito

Diablo 3 Eternal Collection para Nintendo Switch não é apenas a versão definitiva pelo conteúdo. O modo portátil do vídeo game dá uma nova vida ao Grind, você pode continuar upando seu personagem em qualquer lugar.

O único problema que tive, até agora, foi um aquecimento do vídeo game, mas acredito ser pelas horas de jogo.  

:) 


Prós 

  • Todas as expansões;
  • Modo portátil;
  • Co-op local;
  • Totalmente em português. 

Contras

  • Aquecimento do vídeo game. 

Agradecemos a Blizzard pelo envio do jogo para a realização dessa análise e a todos que me acompanharam nessa jornada, durante o final de semana. 

Rafael, Felipe e Van. 

Ah, todas as capturas do jogo foram realizadas no Nintendo Switch.

AvaliaçãoNota
História 9
Jogabilidade 10
Visual 9
Áudio 9
Replay 10

NOTA FINAL

9.40

Veja também

Parceiros

Monster Hunter World BrasilArena GamerFacebookYouTube