Análise



Análise | Death end re;Quest 2

Uma continuação muito bem elaborada

Cassio Da Silva
24/08/2020 14h54

Muitos dos jogos da Compile Hearts e a Idea Factory  são conhecidas por serem clássicos JRPGs e oferecem experiências divertidas enquanto você os jogo. Todavia, em 2018 eles agitaram um pouco as coisas com o lançamento de Death and re;Quest, um RPG de terror que contou a história de 2 irmãs gêmeas de um mundo de MMO corrompido e um estúdio de jogos que estava em falência devido a um escândalo. 

Para a sua continuação, eles não utilizaram do mesmo cenário na elaboração da história, em vez disso colocaram algo totalmente inesperado e original, mas que com o passar do tempo se conecta muito bem com o primeiro título.


História

Death end re;Quest 2 conta a história de May Toyama, uma garota reservada que, após um incidente envolvendo seu pai, foi para o Dormitório Feminino de Wordsworth em Le Chora. Sua escolha por esse lugar tem um motivo, reencontrar sua irmã mais nova, Sanae, que parou de enviar mensagens para ela a cerca de um ano. Nesse lugar ela conhece Rottie Dolhart e Liliana Pinnata, que atuam como membros do seu grupo durante a aventura.

Gameplay

A gameplay não está muito diferente do primeiro jogo, os combates são realizados no estilo de turno. O campo de batalha é, literalmente, um circulo, onde você pode se mover livremente dentro dessa área. Como as lutas, em sua maioria, acontecem como mais de 1 inimigo ao mesmo tempo, a sua melhor estratégia é utilizar habilidades que possuem uma grande área de acerto e que cause o knockback ao final, para causar ainda mais dano a esses. Também, temos no campo de batalha alguns pequenos círculos coloridos chamados de Cursed Bugs, esses dão efeitos benéficos para o seus personagens, como bônus de ataque, bônus de defesa, entre outros, esse também podem causar dano aos seus personagnes. Pegar esse itens ou sofres dano, fazem com que sua porcentagem de glitch aumente, assim que você obter 80% da sua barra, seus personagens poderão entrar em uma poderosa forma chamada de Glith Mode.

Com relação as habilidades de cada personagem, elas são divindades em 2 tipos, mágicas e física, além de serem divididas em 3 atributos: Estelar, Lunar e Solar. Cada uma dessas sendo mais efetiva contra a outra e causando alguns outros efeitos.


Fora do combate, as personagens também tem habilidades únicas, Mai, por exemplo, consegue “hackear” alguns computadores espalhando pelo mapa para revelar passagens secretas (que já estão visíveis no mapa), baús que estão escondidos no mapa e senhas que estão escritas nas paredes para liberar novas áreas.


Durante sua explotação pelo mapa, você irá se deparar com o Dark Matter. Uma criatura que é marcada por uma grande caveira em seu mapa. Sempre que o encontrar, você deverá correr, se a criatura te encontrar será game over instantâneo. Todavia, há algumas outras maneiras de fazer com o Dark Matter saia do mapa, entrar em um combate com algum outro mostro é uma delas. O Dark Matter também aparece em alguma lutas depois que você avança no jogo. Nesses momentos, ele terá uma área vermelha marca ao seu redor ou a sua frente e assim que chegar o seu turno, qualquer personagem que estiver nessa será morto em 1 ataque, então fique atento em como irá posicionar seu personagens na luta.

Ao finalizar Death end re;Quest pela primeira vez, você verá que a opção de New Game+ será habilitada. Nessa, você começa com todos os equipamentos e níveis que você conseguiu na sua primeira run e terá acesso ao novo sistema de masmorra e novos diálogos.

Visual e Àudio

Graficamente, Death end re;Quest 2 é muito bem feito e peca muito pouco em problemas de renderização de ambientes e outras falhas gráficas. O fato do game ser contado como uma novel durante um boa parte ressalta ainda mais a parte do audio, pois muitas das vezes é ele quem coloca a tensão em determinados diálogos entre os personagens e em determinado ambientes.


Veredito

Death end re;Quest 2 é um excelente RPG de terror, que possui uma história e personagens muito envolventes. O seu início lento pode ser um pouco chato para passar, mas assim que você começa a ver o desenvolvido de todo o jogo, ele te prende e faz com que você queira descobrir o que está acontecendo e o porque de estar acontecendo. Ainda que tenha alguns momentos onde fique um pouco repetitivo e tenha algumas oscilações em sua dificuldade, Death end re;Quest 2 é um jogo que, com certeza, agradará as fã de RPG e JPRG.


Prós

  • Arte e música muito bonitas
  • Sistema de combate divertido
  • Enredo de terror bem elaborado
  • Personagens bem desenvolvidos

Contras

  • Curva de dificuldade oscila muito
  • Ambientes repetitivos
  • Quebra-Cabeças muito mal projetados
  • Loadings demorados nas trocas de áreas

Agradecemos a PQube pelo envio do jogo para PlayStation 4 para essa análise. Death end re;Quest 2 tem seu lançamento programado para o dia 25 de agosto e estará disponível para PlayStation 4 e PC (via Steam).

AvaliaçãoNota
História 10
Gameplay/jogabilidade 8
Visual 8
Áudio 9

Replay 7

NOTA FINAL

8.40

Veja também